Historial

O Fialho

Historial

A casa de

Manuel Fialho

Em 1945 na Travessa dos Mascarenhas, num prédio de esquina da Rua do Calvário, Manuel Fialho encontrou o espaço que precisava para dar início ao seu projeto. Uma casa térrea de interior desafogado, com talhas de vinho e balcão em madeira com tampo zincado. Quem conhecia o reputado Maitre do Hotel Alentejano, dizia que Manuel passava de “cavalo para burro”. No entanto com o passar do tempo, o Sr Fialho mostrou que havia conquistado os alentejanos. Por mais cafés sofisticados que nascessem, o seu espaço mantinha-se sempre distinguido por quem apreciava bons vinhos e petiscos regionais. Isto associado à simpatia do dono, atraiu desde sempre numerosa clientela.

 
 
21 Sala vista Janela [640x480]

Historial1

Uma Visita

A não perder

gabriel_amor_manuel
21 Sala vista Janela [640x480]

Visitado

Por Ilustres

Quando Manuel Fialho, fundador desta que é hoje uma instituição gastronómica, transmitiu aos seus filhos, Amor, Gabriel e Manuel a arte do bem receber, não imaginou que o seu Restaurante alcançasse notoriedade internacional e fosse eleito por figuras ilustres como Restaurante de eleição visitado pelas mesmas como a actriz americana Jane Russel, o antigo primeiro ministro britânico Tony Blair entre outros.

No ano de 2014 , Fernando Henrique Cardoso, ex. presidente do Brasil, citou o Fialho como melhor restaurante de Portugal, na revista Forbes, consagrando esta instituição do outro lado do Atlântico.
Mantendo a sua decoração clássica associada a tímidos traços modernos, o Restaurante Fialho comemora no ano de 2015 o seu septuagésimo aniversário, e é com grande honra que Amor Fialho e a terceira geração dão continuidade a este templo da gastronomia alentejana.

 

Veja os nossos Prémios e Distinções